Leitura De Abril - Os Guerreiros De Antares

12:30

Os Guerreiros de Antares

Hoje venho finalmente trazer-vos a minha leitura de Abril, "Os Guerreiros de Antares" da Heloisy Tínel.

Desde que o blog começou a parceria com a Chiado Editora que comecei a ter o hábito de ter algo para ler durante as viagens de comboio para a faculdade. Aquela meia hora perdida a olhar pela janela é agora substituída por um momento de leitura e foi isso que me impôs o primeiro requisito para o livro deste mês, um livro que tivesse mais de 300 palavras.
Desta vez quis fugir ao meu hábito de escolher livros relacionados com viagens e como sei que gosto de livros com histórias de fantasia, ao ler a sinópse deste, fiquei logo com o bichinho atrás da orelha.

Os Guerreiros de Antares

"Annelise Boudelaire é apenas mais uma habitante do mundo que conhecemos e seu grau de importância é tão comum quanto para qualquer outra pessoa: ela tem amigos e tem família. No entanto ela acaba por descobrir que toda a sua vida fora estruturada a base de mentiras e a culpa disso era de Isaiah Boudelaire, seu próprio pai. Quando seis homens armados com espadas invadem sua casa, ela percebe que sua vida nunca mais será a mesma por conta de uma terrível verdade: Anne não é humana. Atrelada a isso está a revelação de que existe um outro mundo onde ela é mais importante do que jamais seria na Terra: Antares. Com essas descobertas, Anne deve seguir as ordens que lhe são dadas e se tornar capaz de cumprir o seu dever. O destino de dois mundos pode estar em suas mãos."

Através da sinópse consegue-se logo entender que o livro está em brasileiro, mas ao contrário do livro "Comissária de bordo por um dia" este lê-se muito bem e não encontrei quaisquer "gafes".

A leitura é muito fácil e está escrito de modo a que consigamos visualizar tudo e perceber todas as personagens o que para mim é muito importante. Não gosto muito de quando temos que ler e reler várias vezes a mesma página até aquilo fazer sentido na nossa cabeça.

Os Guerreiros de Antares

"Os Guerreiros de Antares" é um livro com 558 páginas sobre uma rapariga, Annelise Boudelaire que descobre que não é humana e a partir daí a sua vida dá uma volta de 360º. 

Essa descoberta revela que a sua mãe na verdade não é a sua mãe biológica pois a sua mãe não era humana. Isso faz com que Anne sinta uma grande revolta por toda aquela mentira, por sentir que a sua vida nunca passou de mentiras atrás de mentiras e não sabe em quem confiar ou acreditar. Ainda assim, mesmo com toda a história de não ser humana lhe parecer completamente ridícula, Anne é forçada a ir com os homens que a foram buscar a sua casa para o seu verdadeiro mundo.

No início nada lhe faz sentido, existem muitas perguntas e nenhumas respostas. Consoante os acontecimentos Anne percebe que é uma guerreira e que tem um Eike (fluxo de energia) maior que o normal e por nunca ter sido treinada para o controlar que o seu "mau" uso pode por em risco muitas pessoas. Isso leva a que seja treinada imediatamente pelos homens que a foram buscar, que percebemos depois serem os mestres dos guerreiros. Cada um é especialista numa habilidade e eles são os melhores dos melhores.

Anne não percebe a urgência de ter que aprender tudo, especialmente quando aprender a controlar o seu Eike significa que tem de se magoar constantemente. É aí que começamos a perceber que Antares está em guerra e que de momento estão numa trégua que pode rápidamente acabar. Ela precisa de estar preparada para lutar mas a cima de tudo controlar as suas habilidades para não ser um risco para todos.

Os Guerreiros de Antares

Ao longo do livro Anne vai descobrindo coisas a cerca da sua vida e da sua verdadeira familia, vai fazendo alguns, poucos, amigos e torna-se numa guerreira muito forte. Ela é uma personagem arrogante e estremamente sarcástica, que não liga muito para as outras pessoas e que não entende porque que aquilo está a acontecer com ela. Isso aliado ao facto de ter um eike muito forte revela-se um grande desafio que ora a salva de certas situações como a acaba em por em problemas.

O que me acabou por prender de imediado ao livro foi mesmo esta personalidade muito forte, fria e até bruta desta personagem. Para além de diferente, consegui ver algumas semelhanças de uma amiga minha, especialmente o sarcasmo e algumas atitudes de auto-proteção. O facto de conseguir relacionar uma com a outra e entender de imediato as suas atitudes fez com que estivesse do lado dela o tempo todo, a escrita também está feita de modo a que isso aconteça. Existem claro alguns momentos em que ficamos "porquê que ela fez/disse isso?" mas no geral conseguimos perceber sempre o seu lado ao longo do livro.

Para além dos seus novos amigos, Anne estava quase sempre com os seus mestres. E porquê que isso é relevante? Porque existe um mestre que desde o início do livro sempre mostrou não gostar de Anne e que só a tentava ajudar por obrigação, mas quando ela precisava era sempre ele que estava lá. Mas como nós sabemos, "quem desdenha quer comprar" e por isso passei o livro todo à espera que acontecesse alguma coisa entre eles. 

E isso foi algo que me deixou bem chateada quando o livro acabou, não porque não aconteceu mas porque só aconteceu no fim! Mesmo no fim! E aconteceu de uma forma que ainda nos deixa mais ansiosos por saber mais, por querer mais! E juntamente com isso a história dá uma grande reviravolta acrescentando ainda mais perguntas às que entretanto não foram respondidas.

Os Guerreiros de Antares

O livro termina com Anne a sentir-se finalmente como parte daquele sítio, embora ela não o admita, isso consegue ser perceptível. 

Este foi um livro que me deixou completamente agarrada à história, daqueles que quando tinha que sair do comboio só desejava que ainda faltassem mais uns minutos para ler um pouco mais. E quando acabou, bem, acho que perceberam em cima que não queria que acabasse. Não podia ter acabado assim, afinal tanta página a torcer por um romance e por uma história que acaba por se iniciar no fim do livro?!

Agarrei imediatamente no computador e fui pesquisar mais a cerca de "Os Guerreiros de Antares" e descobri que vão ser uma trilogia (yeiiihhhh!). E apesar de a história não ser de todo sobre o romance que eu queria que acontecesse, confeço que sinto a necessidade de ver isso mais abordado num próximo livro. 

E como super detective que sou sei que o segundo livro já está a ser escrito, será que dá para mandar um comprimido milagroso para que a autora escreva mais rápido?

Se também ficaram com o bichinho atrás da orelha podem encontrar o livro aqui.

Catarina

You Might Also Like

26 comentários

  1. Não conhecia o livro, mas fiquei mesmo com o bichinho atrás da orelha!
    Beijinhos,

    A Maiazita

    ResponderEliminar
  2. obrigada pelo comentário <3
    ainda não conhecia, mas fiquei curiosa :D
    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia o livro!

    Beijinhos,
    Inês
    http://www.indiglitz.pt

    ResponderEliminar
  4. O livro parece ser super interessante, confesso que nunca tinha ouvido falar :)
    Beijinhos <3

    www.losingmamind.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, a história é mesmo interessante e não conseguimos parar de ler :D

      Eliminar
  5. Parece ser uma história bem interessante, e assim aproveitas o tempo na viagem de comboio...
    xoxo

    marisascloset.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Ahaha fica para tu fazeres um dia destes :P

    Não conhecia mas fiquei super curioso tendo em conta que faz imenso o meu género literário :D

    NEW FASHION POST | And You?! Do You Wear Red or Are You Afraid?
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  7. parece super interessante! Agora fiquei com vontade de o ler! x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
  8. Nunca tinha ouvido falar deste livro mas pareceu-me muito interessante!!
    Beijinhos <3 <3

    https://theccworldoblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Adorei seu post, achei o livro bem interessante!

    bjos!

    Cuca Literária

    ResponderEliminar
  10. Adoro partilhas literárias. Aprendemos sempre muito!
    _Telma.

    ResponderEliminar
  11. Sou a autora do livro (Sei que isso não parece nada impressionando quando dito assim, mas eu não sei dizer coisas impactantes haha)
    Fiquei muito surpresa quando um amigo me mandou o link com sua resenha e só gostaria de agradecer por todos os elogios e dizer que fico imensamente feliz por ter gostado e despertado a sua curiosidade para ler o próximo!

    Muito obrigada! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É impactante o suficiente! Gostei muito do livro e muito obrigada por ter lido a minha publicação sobre ele :) Espero que o próximo saia rápido para eu ir comprar na hora :D

      Eliminar

Instagram Pessoal

Keep in touch!

Follow on Facebook